quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Luto X Depressão



O diagnóstico de depressão não é feito na vigência do processo de luto. Para tanto, precisamos diferenciar os dois quadros. O luto pode evoluir para um quadro depressivo, o que denominamos luto complicado.


No luto, apesar da tristeza da perda, a pessoa reage positivamente a estímulos agradáveis.


Na depressão, a pessoa reage pouco ou nada a estímulos.


No luto, o retardo psicomotor( lentificação mental e física) está ausente.


Na depressão, o retardo psicomotor está geralmente presente.


No luto, o sentimento de culpa em geral está ausente.


Na depressão, o sentimento está caracteristicamente presente.


No luto, o sentimento de inutilidade está geralmente ausente.


Na depressão, o sentimento de inutilidade está em geral presente.


No luto, os sintomas psicóticos estão ausentes.


Na depressão, os sintomas psicóticos podem estar presentes.


No luto, a ideação suicida é rara.


Na depressão, a ideação suicida é frequente.


No luto, as reações são proporcionais à perda.


Na depressão, as reações são desproporcionais, mesmo na ausência de perda aparente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário